5 tendências para o Varejo em 2022

O comércio do varejo deve seguir em recuperação no ano de 2022. Com o avanço das tecnologias, é preciso estar antenado para novidades.

Não é novidade que o brasileiro tomou gosto por compras online nos últimos anos. De acordo com dados do índice Cielo de Varejo Ampliado, o aumento das vendas online no período do Natal, por exemplo, foi de 38% em comparação com 2020. 

O fenômeno das “compras com um clique” foi tão grande nesse período que novas tecnologias ganharam destaque e devem continuar a crescer em escala em 2022. Quem não acompanhar esse movimento, não só pode, como irá ficar para trás. 

Uma nova experiência de compra no varejo

O varejo físico irá se recuperar se os comerciantes compreenderem que não basta reabrir as portas, mas também investir em tecnologia e estender sua presença, operando no mundo físico e online.

Quem decide onde e como comprar é o consumidor, não mais o varejista. Portanto, possibilitar essa autonomia de compras estando presente nos mais variados canais online será uma necessidade do varejo brasileiro.

Você compra no site e, se o produto não servir, pode trocar numa loja. Isso é prova de uma modalidade híbrida que fortalece as duas formas de venda. A pessoa realiza a compra no online e depois vai até o estabelecimento físico.

Leia também: 4 pilares do sucesso no Varejo


5 tendências para o varejo em 2022!
Veja agora:

varejo: as principais tendências para 2022

1) Jornada Multicanal: As empresas que querem ter sucesso no novo varejo, precisam atuar nos meios online e offline de forma verdadeiramente integrada. Se um consumidor adquire um produto online e deseja devolver na loja física, isso deve ser possível e vice-versa.

2) CRM: Conheça seu cliente: Entenda as preferências de quem compra em sua loja para saber o quanto e como investir em cada cliente. Isso ajudará a servi-lo melhor, gerando personalização e fidelização. Ouro para o varejo!

4) PIX no e-commerce: por ser rápido e fácil, permite que as compras sejam com mais comodidade e velocidade. Antes o consumidor tinha três dias para pagar o boleto, aumentando as chances de desistir da compra.

5) Logística: Esse é talvez o maior desafio do varejo hoje, principalmente devido à parte final da entrega do produto, que se torna mais difícil e cara à medida que as áreas se expandem e os prazos de entrega são cada vez mais curtos.

Como escolher os meios de entrega para a sua loja virtual

6) Segurança cibernética: O comércio digital foi o grande protagonista no setor de consumo durante a pandemia, mas, apesar disso, trouxe vulnerabilidade e riscos, tanto para quem compra quanto para quem vende. Isso faz com que os investimentos em privacidade e segurança cibernética sejam prioridades.

7) E-COMMERCE: Já foi-se o tempo em que era possível escolher entre ter um empreendimento físico ou online, hoje a união dos mundos está praticamente concretizada. E a estratégia omnichannel tornou-se essencial para os resultados positivos alcançados pelo setor.

É imprescindível uma plataforma e um sistema de gestão eficientes (e seguros) para você se posicionar no ambiente digital e realizar suas vendas pela internet.

Para aproveitar o “boom” do e-commerce, a Moderniza firmou as melhores parcerias e desenvolveu as melhores funcionalidades para ajudar você. Conheça o e-commerce Moderniza e faça parte desse novo momento do varejo (sem precisar acumular tarefas e funções).

Leia também: 6 tendências de pagamento para 2022. 

Moderniza. O futuro do varejo nasce aqui

Deixe um comentário